No mundo globalizado, até Papai Noel precisa otimizar seus processos. Para auxiliar o bom velhinho, uma empresa sueca de consultoria analisou a logística da entrega de presentes na noite de Natal. Em busca do melhor trajeto possível, foram computados fatores como a rotação da Terra e as áreas do globo com maior densidade de crianças.

O diagnóstico: para garantir o menor esforço, Papai Noel precisará mover sua base de operações para um lugar bem mais árido que o Pólo Norte: as montanhas do Quirguistão, na fronteira com o Cazaquistão. Usuários curiosos de GPS podem até pegar as coordenadas na notícia publicada pela BBC.

Fica a dúvida: será que as renas se adaptarão à altitude, ou terão de ser substituídas por cabritos monteses?

Anúncios